sábado, 2 de abril de 2011

Estruturalismo, Associacionismo, Funcionalismo, Behaviorismo, Construtivismo, Gestaltismo


Estruturalismo

Esta teoria era defendida por Wilhelm Wundt, que foi o “pai” da psicologia experimental, e que dizia que o objecto de estudo deveria ser o pensamento mental consciente. Com esta teoria, Wundt pretendia, através da introspecção estudar as emoções e os sentimentos de cada pessoa, permitindo a cada pessoa conhecer-se mais profundamente. Pode dizer-se que uma pessoa é constituída pelos seus sentimentos e sensações, que organizados constituem a sua consciência.


Associacionismo

O associacionismo foi criado por Edward Lee Thorndike e é resultante de um processo de associação de ideias, das mais simples às mais complexas, resultando assim nas diversas acções humanas. Nesta teoria da aprendizagem, surgiu a lei de causa-efeito, e acerca dela, Edward Lee Thorndike realizou diversas experiências com animais, com vista a conseguir prová-la. Nas suas experiências, ele observou que se desse alguma recompensa aos animais conseguiria que eles fizessem o que ele queria, e na sua opinião, o comportamento humano, nesta vertente, assemelhava-se ao comportamento animal.

Funcionalismo

O funcionalismo foi criado por William James, que defendia que os psicólogos deveriam utilizar a introspecção, de maneira a estudar o funcionamento dos processos mentais e outros temas como os processos mentais das crianças, dos animais, a anormalidade e as diferenças individuais entre as pessoas. Na opinião de William James, o homem realizava as suas acções, com base na função que desempenhava na sociedade.



Behaviorismo

Esta teoria também conhecida como teoria de estímulo-resposta foi criada por John Watson numa época em que dominava a filosofia e o estudo do consciente. John Watson defendia que a psicologia se deve limitar ao estudo dos comportamentos observáveis, portanto um dado estímulo pode ser a causa de determinada resposta e essa mesma pode ser precedida deste. John Watson acreditava que um estímulo provoca sempre a mesma resposta pelo que não só seria possível prever os comportamentos, mas igualmente controlar a produção desses comportamentos. Ele defendia também que a genética não tem qualquer influência sobre os seres vivos, mas sim apenas e só o meio em que estão inseridos.


Construtivismo

O construtivismo foi criado por Jean Piaget, que o definia como a teoria do desenvolvimento do conhecimento em resultado de uma interacção com o meio. Piaget procurou determinar os processos de construção do conhecimento desde as suas formas mais elementares até níveis superiores, nomeadamente o conhecimento científico. Para Piaget o indivíduo não é um simples resultado do meio (tese behaviorista), nem é simplesmente determinado hereditariamente.O seu desenvolvimento é determinado pela interacção entre factores internos (orgânicos, hereditários) e factores externos (meio).


Gestaltismo

O gestaltismo foi criado por Kurt Koffka, Max Wertheimer, Wolfgang Kohler , e foi desenvolvido pela necessidade da existência de uma teoria que, não esquecesse o valor e a necessidade da experimentação científica. Os seus fundadores consideravam o objectivo da Psicologia como sendo o estudo da experiência de um organismo, no seu todo, com ênfase na percepção, ocupando-se da análise dos elementos essenciais que existem nos processos de organização, reunindo os elementos da experiência numa unidade complexa.

13 comentários:

  1. Quem criou o estruturalismo não foi o Titchner?

    ResponderEliminar
  2. não, o titchener foi o maior divulgador do estruturalismo

    ResponderEliminar
  3. ajhxiuaiisuogsugogagcgscgyusaygc

    ResponderEliminar
  4. O ESTRUTURALISMO teve como expoente maior Titchener, discípulo de Wundt considerado o pai da Psicologia.

    ResponderEliminar
  5. tirem essa músicaaaaaaaaaa

    ResponderEliminar
  6. tirem essa músicaaaaaaaaaa

    ResponderEliminar
  7. pelo amor de Freud tirem esta musica

    ResponderEliminar
  8. me ajudou bastanti!! estou no primeiro ano de Psicologia...

    ResponderEliminar